Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Fibonnaci à mesa

por 123LetsCook, em 18.03.14

Fractais são objetos em que cada parte é semelhante ao objeto como um todo. Isso significa que os padrões da figura inteira são repetidos em cada parte, só que numa escala de tamanho menor.

 

Também chamado couve-flor romana, o romanesco é da família dos brócolos e, claro, da couve-flor.

Tem uma cor fabulosa mas muitas pessoas não gostam particularmente do seu sabor, à semelhança da couve-flor. Um cuidado particular é não cozer excessivamente o romanesco. Os seus floretes quando separados precisam apenas de pouco mais de um par de minutos em água a ferver.  

 

 

A couve-flor Romanesco tem ramos com um padrão em espiral, o que torna este legume tão atraente como saboroso.

Esta variedade única de couve-flor é crocante e o seu travo a noz dá-lhe um sabor mais doce e suave do que o da couve-flor branca comum. Da couve Romanesco resultam cabeças de um verde-lima quase fluorescente, com ramos em forma de contas compactas, que se assemelham a castelos de couve-flor individuais em espiral.

 

A couve-flor Romanesco é cultivada em Itália desde o século XVI. No entanto, o seu verdadeiro parentesco continua a representar um dilema botânico. Será a Romanesco da família dos brócolos? ou da couve-flor? Ou será um cruzamento das duas?

 

Pode comer-se cozida-a-vapor ou fervida, tal como os brócolos ou couve-flor comuns. Como acompanhamento de carne ou peixe, ou como estrela principal num gratinado ou salteado de legumes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor




123 Social



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





Selos

Top blogs de receitas