Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Espetadas de perú com laranja

por 123LetsCook, em 17.01.14

Depois de um dia aventuroso como o de hoje, com o tempo a pregar partidas e a tornar ainda mais complicado o regresso a casa, sabe bem um jantar simples, rápido mas guloso.


Por isso mesmo pegámos no nosso gosto de juntar fruta à carne e saiu esta Espetadas de perú com laranja que ainda traz de brinde a laranja e o tomate seco numa combinação pouco usual mas muito gostosa

 

Espetadas de perú com laranja

 

Para 3 espetadas (3 pessoas) irá precisar:

2 bifinhos de perú (médios)

2 fatias de ananás (em lata ou natural)

1 laranja

tomate seco q.b. (compramos no Aldi, um frasco de conserva)
2 colheres de sopa de natas

azeite, sal, pimentão e alho moído  q.b.

 

Comece por temperar a carne com sal, pimentão, alho moído a gosto e sumo de meia laranja.

Deixe marinar 10 minutos (ou meia-hora se não tiver pressa) e vamos montar as espetadas.

Simplesmente intercale pedaços do perú com ananás e tomate seco.
Leve a fritar numa frigideira com um pouco de azeite, em lume brando-baixo e virando as espetadas várias vezes para que cozinhe uniformemente.

Quando estiverem prontas, retire as espetadas e reserve em lugar quente.

Deite o resto da marinada, junte as natas e deixe ferver até engrossar.

 

Corte a outra metade de laranja em rodelas para enfeitar e servir de acompanhamento.

Escolhemos ainda o arroz agulha Bom Sucesso desde sempre a fazer parte da nossa mesa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arroz malandrinho e nuggets de pescada

por 123LetsCook, em 13.01.14

 

Um arroz malandrinho faz parte da gastronomia portuguesa, é rápido e económico e por si só, uma excelente refeição.

 

E foi o acompanhamento escolhido para experimentármos os nuggets de pescada da Pescanova, sem glúten e preparados no forno.

 

Arroz Malandrinho e nuggets de pescada

 

Enquanto o arroz se faz, aqueça o forno a 180º e coloque os nuggets num tabuleiro com papel vegetal. A meio do tempo de cozedura (aprox. 15 minutos) vire as peças.

 

O arroz, esse é do mais simples de fazer:

 

1 medida de Arroz carolino (por ex. uma chávena)

1 tomate

1/2 cebola

2 dentes de alho

sal & pimenta q.b

e ainda

alho em pó e sumo de limão para a marinada

Para o arroz faz-se um refogado com cebola e alho em azeite, junta-se um tomate (ou meio se for apenas para uma pessoa) picado e deixa-se refogar uns minutos.

Junta-se o arroz (para estes pratos prefiro arroz carolino Bom Sucesso) e frita-se rapidamente. 
Adicionam-se 3 medidas de água e deixas-se cozinhar em lume brando até o arroz ficar cozido. 

Quando o arroz estiver quase quase, prepare as rodelas de limão para enfeitar e dar um gostinho agradável aos nuggets.

 

Emprate tudo e .... bom apetite! :-)


 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Gratinado de sexta-feira

por 123LetsCook, em 10.01.14

Final da semana, abre-se o frigorífico e temos restos.

O que fazer com meia dúzia de talos de couve-flor, outros tantos de bróculos, 2 cenouras, 1 salsicha e meia e meio bife de perú assado ?
Um gratinado pois então!

Chamemos-lhe o Gratinado de sexta-feira

 

Por serem restos, as quantidades dos ingredientes serão  gosto.

 

Comece por cozer por 5 minutos a cenoura, os bróculos e a couve-flor em água apenas temperada com sal

Escorra e disponha num prato de ir ao forno.
Reparta o bife de perú e a salsicha em pedaços, tempere com um fio de azeite e oregãos (frescos ou secos)

 

Cá está antes do banho de natas e queijo:

Gratinado de sexta-feira
Cubra tudo com natas q.b. e queijo ralado

Vai ao forno até o queijo derreter e dourar. 
e plim! Bom apetite!

Gratinado de sexta-feira

Substitua a carne e a salsicha por pedacinhos de bacon e terá também um acompanhamento excelente para um assado de porco.


Autoria e outros dados (tags, etc)


Dia dos Reis

por 123LetsCook, em 06.01.14

Os Reis Magos são personagens que vieram do Oriente, guiados por uma estrela, para adorar o Deus Menino, em Belém.
A designação "Mago" era dada, entre os Orientais, à classe dos sábios ou eruditos. Ignora-se a proveniência dos Reis Magos, mas supõe-se que fossem da Arábia, tendo em conta os presentes oferecidos (ouro, incenso e mirra).
Quanto ao número e nomes dos Reis Magos são tudo suposições sem base histórica.
Foi uma tradição posterior aos Evangelhos que lhes deu o nome de Baltasar, Gaspar e Belchior.
O dia de Reis celebra-se a 6 de Janeiro, partindo-se do princípio que foi neste dia que os Reis Magos chegaram finalmente junto ao Menino Jesus. Em alguns países é no dia 6 de Janeiro que se entregam os presentes.

Dia dos Reis

 

Tradições dos Reis em Portugal

 

O dia de Reis comemora-se no dia 6 de Janeiro.
Em Portugal a quem sair a fava do Bolo Rei deve pagar o bolo no ano seguinte.
Grupos de pessoas juntam-se e vão pelas portas Cantar os Reis que são canções tradicionais da vida de Jesus e saudações à família e donos da casa.
O canto é acompanhado por instrumentos populares como: o reco-reco, os ferrinhos, o bombo, o acordeão e a viola.
Depois de cantarem, os donos da casa, convidam os reizeiros para entrar e oferecem-lhes comida e bebida.
O Cantar de Reis começa no dia 5 de Janeiro e vai até ao dia 20.
Há ainda outra tradição, as Janeiras, em que se cantam canções em grupos no dia 31 de Dezembro e 1 de Janeiro.
Em certas regiões as pessoas oferecem azeite novo para alimentar as  candeias da igreja ou capela da sua terra, em homenagem às almas dos familiares que já morreram.

 

E para quem quiser brincar aos reis e fazer os 3 reis magos reciclados, é só clicar aqui

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Focaccia de tomate seco e alecrim

por 123LetsCook, em 02.01.14

Nem é pão nem pizza, é a inigualável Focaccia !

E é a nossa primeira sugestão de 2014 :-)

 

Focaccia de tomate seco e alecrim

Ingredientes para 1 focaccia:

500gr de farinha de trigo

fermento seco (1 saqueta)
315 ml de água morna
1 pitada de sal e de açucar

Alho em pó

Alecrim fresco

Tomate seco
azeite q.b.
flôr de sal

Preparação na máquina do pão:

Colocar na cuba pela seguinte ordem a água morna, o sal, o açúcar, a farinha e a levedura na máquina de pão.

Ligar no programa "Amassar"  e deixar a máquina fazer o seu trabalho.
Ao fim deste tempo obterá uma massa com bastante ar. Quando a retirar esse ar vai desaparecer, não se assuste, é mesmo assim.
Unte um tabuleiro com azeite e farinha e com as pontas dos dedos vá esticando a massa uniformemente.

Regue toda a superfície com um bom azeite e faça as covinhas típicas da focaccia.

Polvilhe tudo com o alho em pó, o alecrim desfeito e espalhe o tomate seco por toda a superfície.

Tempere com flôr de sal e leve ao forno até a massa estar cozinhada e a focaccia dourada.

 

Aqui está ela antes de ir ao forno

 

Focaccia de tomate seco e alecrim

 

E o aroma que larga enquanto está a assar ? hmmmmmmm!!

 

Um óptimo acompanhamento para um prato de carne ou marisco ou coma simplesmente molhando num prato com azeite e umas pedrinhas de flôr de sal


Bom Apetite!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor




123 Social



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D





Selos

Top blogs de receitas